Notícias

25/05/2019 12:32

Emocionante: Reação de idosa ao reencontrar cão comove

Mundo

A

Sábado, 25 de Maio de 2019, 10h:01 | Atualizado:

 

Reação de idosa ao reencontrar cão comove

G1

 
billy-1-.jpeg

 

Uma idosa, de 80 anos, se emocionou após reencontrar seu cachorro, Billy, que ficou desaparecido durante três dias. Alaíde das Neves mora em Guarujá, litoral paulista, e causou comoção ao fazer apelo, aos prantos, para o cão reaparecer. Um vídeo obtido pelo G1 mostrou o momento em que ela, também emocionada, se reencontra com o animal de estimação.

O momento foi gravado pela neta de Alaíde, Steffanie Rodrigues, de 22 anos, na última semana. Foi o fim do sofrimento da idosa, que tem problemas de saúde, e tem o cão como fiel companheiro. "Foram três dias sumido. O Billy está conosco há quatro anos e é amigo inseparável da minha avó", contou ao G1.

O cão, da raça shitzu, acabou escapando da casa onde vive a família, no Jardim Boa Esperança, enquanto a mãe de Steffanie saía para ir à feira. "Ele aproveitou o portão aberto e fugiu. Minha mãe só percebeu o que aconteceu quando voltou e foi procurar por ele", explica.

O sofrimento maior foi quando Alaíde soube do sumiço. Ela passou a perguntar com frequência do cachorrinho e se os netos e a filha, com quem mora, conseguiriam recuperá-lo. "Ficamos com medo de que ela piorasse de saúde caso ele não voltasse. Ela chorava de soluçar com falta dele".

Um vídeo gravado por uma colega da família mostrava a saudade de dona Alaíde. "Olha, quem achou o meu cachorro, me devolva, por favor. Ele é um shitzu. Ele é amarelinho e pequeno. É meu companheiro. Eu agradeço muito", pedia ela no registro, aos prantos.

O vídeo ganhou repercussão nas redes sociais até que um cabeleireiro do bairro entrasse em contato. "Ele disse que o viu com uma mulher. Fomos até a casa dela e o chamei pelo nome. Ele nos reconheceu e ficou doido pra vir embora. Esperamos a moça chegar, explicamos a situação e ela nos devolveu", contou Steffanie.

Ao chegar em casa, foi ela quem teve a ideia de registrar a alegria da avó ao ver o cachorro novamente. "Meu menino da vovó, meu cachorrinho", dizia Alaíde no vídeo, agradecendo a volta de Billy. "Sempre dissemos que íamos encontrá-lo. Mas eu não esperava tanta repercussão", confessou a neta.

Agora, dona Alaíde faz questão de ter o companheiro ainda mais perto, temendo uma nova fuga. "Vemos tanta gente que judia de animais, que machuca. Cachorro é tão inocente. Não esperava essa mobilização para encontrar o Billy. Minha avó está mais tranquila", finalizou.


Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo